sábado, 3 de julho de 2010

Estranhamente...


Eu me pergunto, por quanto tempo mais eu irei suportar...
Porque eu tenho que ficar me escondendo.. pq eu me pergunto mais uma vez
eu tenho que esconder o amor que toma meu peito?
Porque eu me submeto a tudo isso?

E ao mesmo tempo que me pergunto eu encontro as minhas respostas...
Eu 'ainda' passo por tudo isso por te amar demais...
Você consegue sentir?
Essa é a pergunta que me vem agora...
Consegue? Me diz porque eu preciso saber..

Um amor intenso que me consome.. que faz eu passar por cima de muitas coisas
Mas que não me deixa esquecer do quanto é bom estar com você..
De como eu sou feliz em ser tua...

Mas o que faço quando me sinto assim?

Impotente diante de algo que não preciso estar impotente...

Estranhamente me sinto sozinha... estranhamente eu quero sumir.

Mas esse amor me prende aqui, esse amor me segura aqui ...

Fico com os olhos mareados, e o peito apertado.

Eu preciso suportar... eu preciso.. porque eu preciso de você.

Você abriu uma porta dentro desse coração..
que será muito dificil de fechar agora sabia?

Vem cá, me abraça? Eu estou precisando sentir o teu calor.

M.


3 comentários:

  1. Sei que não é meu abraço que conta.... mas estou perto... sempre, visse?

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Há sempre um momento em que todas as perguntas vêem à tona..

    As respostas??

    (...) dentro de nós fervilham, mas .. acomadadas que somos, fingimos displicentemente não saber ...

    beijoo meu'

    ResponderExcluir

Que minha simplicidade, deixe o rastro da luxúria de minha alma.O mais,é nada.

(Deixe o teu rastro aqui, que seja luxurioso)

Obrigada pela doce visita.

Masked