quarta-feira, 16 de março de 2011

Língua


Inquieta a fêmea põe-se a falar...
Num tagarelar de sua língua sem saciar.
Seu macho por sua vez impaciente em esperar...
Resolve então sua fêmea calar.

Dá-lhe o que mais anseia...
E a língua agora serpenteia.
A forma roliça e dura da pica...
Onde a língua dela agora fica.

[MαsкєĐ ®]

6 comentários:

  1. Permaneço nua e distante.
    O seu gosto ainda atormenta minha língua ..
    Meu sangue ferve, só de supor o sabor deste detalhe.

    HUMMMM ...


    beijoos amora minha ...

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente perfeito!

    ResponderExcluir
  3. Que delícia ... tão bom receber esse prazer de uma mulher!

    ResponderExcluir
  4. Perfeito, delicioso e instigante. Como tudo o que vem de ti menina Mascarada,...

    Beijo In_Correto!

    ResponderExcluir

Que minha simplicidade, deixe o rastro da luxúria de minha alma.O mais,é nada.

(Deixe o teu rastro aqui, que seja luxurioso)

Obrigada pela doce visita.

Masked